Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Comichão do Pensamento

Comichão do Pensamento

De vez em quando largo aqui algumas comichões que tendem a corroer-me por dentro Se gostas do que leste não hesites em comentar :)

Entranhas

Não sei que te diga. Não sei que  te escreva. Devias conhecer-te melhor. Tens de saber não olhar tão fundo dentro de ti. Senta-te e escreve-te no papel. Senta-te e esventra-te na direcção da folha. Esfrega as tuas entranhas bem fundo com a ajuda da caneta. Sabes mais do que pensas. Pensas mais do que deves. Achas-te pouco capaz. Pouco te sentes cheia. Sabes o que queres longe. Não tens a certeza do que está por vir. Alguém terá a certeza do que está por vir? Não sei que te diga. Ouve a música e fica contigo e com ela. Sabes que sentes qualquer coisa. Não percebes aquilo que sentes. É palpável. E no entanto foge-te das mãos quando o tentas agarrar para olhar de perto. Examinar com os olhos de dentro. As mãos não páram. Sempre a escrevinhar. A mente não pára. Sempre a ditar pensamentos. Sempre a sussurrar medo nos meus ouvidos. Sopra-os bem dentro de mim. Não sei cuspir os nervos. Quem me dera saber tirar o receio de dentro de mim. Tirá-lo com as lavagens. Pôr-me na banheira e esfregar-me muito bem esfregadinha. Até fazer vermelhidão. Arrancá-los de mim com os vapores da água que dói na pele. Não sei que mais te diga. Não sei que mais te escreva. Devias tentar conhecer-te melhor. Não pode ser assim tão fundo o abismo dentro de ti.